23/10/2015

Concluiu-se as filmagens do filme Buscando a Inés com Barbara Mori.

O diretor Chava Cartas e as atrizes Barbara Mori, Marimar Vega e Angelica Aragón disseram que estavam muito satisfeitas em concluir as filmagens do filme Buscando a Inés.



Numa conferência de Imprensa, Chava Cartas disse que este filme, é a segunda produção realizada com All About Media, e foi filmada totalmente em Guadalajara durante 5 semanas.
"É uma comédia romântica, eu estava com medo porque comédias não são fáceis, mas finalmente tudo correu bem", disse ele.

Ele observou que este filme será um grande passo para cinema mexicano, porque é uma história que certamente, as pessoas vão gostar e o primeiro elenco torna credível este ótimo roteiro de Juan Carlos Garzón e Angelica Gudiño com base em textos de Juana Ines Dehesa.

Barbara Mori para fazer à personagem de Ines foi uma grande experiência, porque é uma história diferente, mais profunda com personagens bem desenhados a partir do script. "Foi incrível trabalhar em um conjunto com uma energia tão bonita", destacou a atriz.

Angelica Aragón disse que apesar de ser uma comédia, os personagens são reais, mas não uma caricatura. "É um roteiro inteligente, não é leve o discurso em si não é pesado e instigante, retrata um processo de mudança que está ocorrendo na sociedade", disse ela.

Marimar Vega concorda que este cenário lida com temas atuais, está cortando totalmente o vanguarda. "Eu vejo meus amigos e toda a minha geração refletido neste filme", disse ela.

O produtor Pedro Lopez anunciou que as filmagens realizadas em três casas diferentes em Guadalajara, bem como em locações em Chapala e Tequila, juntamente com pontos turísticos da cidade como a Glorieta Minerva, uma vez que o objetivo deste filme, que teve um investimento de 20 milhões de pesos, também estava mostrando Jalisco.

De acordo com a sinopse, depois de rejeitar uma proposta de casamento de seu namorado insípido, Ines, uma escritora, leva a si mesma para se redefinir como uma mulher independente, moderna e auto-suficiente.

Esta é a imagem a que Inés tem de aprender a fazer, a coisa mais difícil: se ouvir e decidir o que você quer da sua vida. É um filme divertido sobre um fabuloso que tem uma pergunta... quando será que todos irão se casar?.

Como mensagens para as mulheres de hoje, Barbara Mori sugeriu fazer na vida o que o coração dita e  não o que os outros querem que você faça, enquanto Marimar Vega disse que "devemos ouvir o que você quer e simplesmente validar o que eles dizem eles estão por perto. "

Angelica Aragón senti que neste momento uma transição geracional em que as mulheres profissionais irá chegar à um nível que não precisam ser mantidos vivos. "Há uma enorme crise do casamento tradicional, porque a uma mulher que trabalha, continua a sendo um preconceito", disse.


TRADUÇÃO: Barbara Mori Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário